Torre de Moncorvo

Forum dedicado à Vila e Concelho de Torre de Moncorvo
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Barragem do Baixo Sabor inflaciona rendas de casas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Marco
Admin
Admin
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 93
Idade : 35
Localização : Braga
Profissão : Professor
Data de inscrição : 16/04/2008

MensagemAssunto: Barragem do Baixo Sabor inflaciona rendas de casas   Qui Nov 27 2008, 03:53

É um efeito negativo da construção da barragem do Baixo Sabor em Torre de Moncorvo: grande inflação nos preços de arrendamento de casas.

O autarca local pede para não se confundir oportunidade de negócio com ganância.

\"Estão a ser pedidos 600 euros mensais por um T3. Por uma casa T4 numa aldeia foram pedidos mil euros. E por uma casa antiga recuperada, com cinco quartos, foram requeridos inicialmente 1300 euros por mês (mas já baixaram para 900)\", exemplifica o presidente da Câmara Municipal, Aires Ferreira, que faz um misto de denúncia e aviso: \"estamos a assustar as pessoas!\"

Esses potenciais arrendatários das casas são os diversos técnicos e administradores que o consórcio que ganhou o concurso para construir o aproveitamento hidroeléctrico, composto pela empresa Bento Pedroso Construções e pelo Grupo Lena, vai ter a viver em Torre de Moncorvo, durante o tempo que durarem as obras.

Ao contrário do que aconteceu aquando da construção da barragem do Pocinho, no rio Douro, em que todo o pessoal envolvido ficou acomodado no estaleiro, Aires Ferreira diz que, desta vez, as empresas pretendem colocar os técnicos a viver nas localidades.

E isto significa que apenas os operários vão ficar instalados em dormitórios num estaleiro que vai ser montado junto à aldeia da Póvoa.

Até aqui tudo bem, porque, segundo Aires Ferreira, \"interessa ao concelho ter lá instaladas as pessoas ligadas à barragem\". O problema que não anteviu, foi tamanha especulação no arrendamento de casas em Moncorvo, o que o faz lamentar: \"fica quase mais caro arrendar aqui uma casa do que no centro do Porto\".

Como se não bastasse, \"já há gente a procurar casas em Vila Nova de Foz Côa\", onde o efeito já se notou, ao ponto de o mesmo fenómeno começar a alastrar à cidade das gravuras.

Não admira que o interesse possa recair então no concelho de Vila Flor. Aires Ferreira admite mesmo que director técnico da obra esteja a tratar de ficar a viver neste concelho durante a fase de construção da barragem.

Entretanto, a Sociedade de Gestão Hoteleira do Douro Superior, que é proprietária de 26 imóveis do antigo bairro mineiro do Carvalhal, a oito quilómetros de Moncorvo, \"chegou a acordo com a Bento Pedroso para ocupar aquelas casas que foram acabadas em 1985 e nunca foram utilizadas\". A recuperação das habitações iniciou-se na passada terça-feira, sendo que parte delas estarão aptas a habitar até ao final deste ano, e as restantes durante o mês de Janeiro de 2009.

Segundo o autarca, as obras decorrem a cargo da firma Bento Pedroso, que em contrapartida não paga renda pelas casas durante a sua ocupação. O negócio entre as partes representa um valor de 450 mil euros e faz adiar a transformação do bairro das minas num aldeamento turístico.

Pelo menos até que a barragem entre em funcionamento, dentro de cinco anos. Nessa altura, a Sociedade de Gestão Hoteleira do Douro Superior - composto pela autarquia de Moncorvo (20%) e mais seis privados - volta a ficar em posse das casas do bairro mineiro.

Em jeito de aviso final, Aires Ferreira observa: \"o negócio pode ser bom para ambas as partes e a ganância pode deitar tudo a perder\". O autarca espera que os munícipes tenham bem presente que \"a barragem não é a sorte grande, é apenas uma oportunidade de negócio\". Sublinha ainda que \"a especulação das rendas das casas não beneficia Moncorvo e cria má imagem, podendo a oportunidade escapar-se por entre os dedos da mão\".

Fonte: "Eduardo Pinto in JN, 2008-10-05"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://moncorvo.forumativo.com
Macorreia
Membro
Membro


Masculino
Número de Mensagens : 19
Idade : 83
Localização : Lisboa
Profissão : reformado
Data de inscrição : 21/10/2007

MensagemAssunto: Re: Barragem do Baixo Sabor inflaciona rendas de casas   Dom Nov 30 2008, 01:15

É verdade que em tudo deve haver um certo comedimento, já que as especulações exageradas podem, nos extremos, dar em prejuízos em vez de lucros.

Mas não vejo que seja algo de tão sensurável as pessoas quererem tirar algum partido de uma situação muito especial e transitória que agora se lhes oferece na região.

Afinal, é o que acontece um pouco por todo o lado!...

Se olharmos para as regiões sasonais de turismo - para citarmos apenas um exemplo - todas elas praticam preços de alugueres que, nalguns casos e na época alta turística chegam a atingir valores duas, três, ou mais vezes o aluguer de uma época normal.

Porque é que na nossa região não se há-de também aproveitar a ocasião para esticar um pouco a corda?... Desde que haja cliente que pague?!...

Macorreia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marco
Admin
Admin
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 93
Idade : 35
Localização : Braga
Profissão : Professor
Data de inscrição : 16/04/2008

MensagemAssunto: Re: Barragem do Baixo Sabor inflaciona rendas de casas   Dom Nov 30 2008, 03:08

Pois mas o pior é que os "clientes" estão todos a fugir de Moncorvo, como se pode ver na noticia, se ao principio o destino foi Foz Côa, como se verificou também um inflacionar dos preços de arrendamento no mesmo concelho, o destino é agora Vila Flor. O que faz com que Torre de Moncorvo não esteja a benificiar nada com a situação, tanto a nivel comercial como económico. Espera-se agora que com a nova medida implementada pela Câmara Municipal, que visa a criação de uma zona habitacional no Carvlhal (já em fase de obras) venha a melhorar a situação.
A ver vamos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://moncorvo.forumativo.com
Macorreia
Membro
Membro


Masculino
Número de Mensagens : 19
Idade : 83
Localização : Lisboa
Profissão : reformado
Data de inscrição : 21/10/2007

MensagemAssunto: Re: Barragem do Baixo Sabor inflaciona rendas de casas   Sex Dez 05 2008, 18:09

Se os clientes estão a fixar-se noutras terras que não em Moncorvo, eu não acredito que seja apenas pelos valores um pouco mais altos das rendas das casas!...

O que eu julgo sim, é que quem procura habitação para o período das obras da barragem, muito provavelmente não encontrará, em Moncorvo, casas disponíveis que ofereçam os necessários requisitos que as pessoas exigem e que possam motivar a que as mesmas se fixem na terra!...
E aí... rumam a outras paragens.

Ou não será assim?...

Macorreia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marco
Admin
Admin
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 93
Idade : 35
Localização : Braga
Profissão : Professor
Data de inscrição : 16/04/2008

MensagemAssunto: Re: Barragem do Baixo Sabor inflaciona rendas de casas   Ter Dez 09 2008, 22:50

Neste ponto Macorreia devo discordar de si. A nível habitacional, Torre de Moncorvo tem evoluido bastante, como se pode comprovar por exemplo com os novos loteamentos de prédios habitacionais da variante, denominado por Avenida das Amendoeiras. Não só nesta como em outras àreas tem-se apostado bastante a nível habitacional e não só. Lembro por exemplo outras àreas onde a Câmara Municipal tem investido fortemente, como por exemplo no Lazer, dou o exemplo: Piscinas Cobertas, Cinemas (remodelados recentemente), Agenda Cultural (cuja qualidade temos que admitir de grande excelência, existindo poucas localidades no Nordeste Transmontano que exibam tal oferta), Complexos Desportivos de grande qualidade, o ensino e infra-estruturas escolares são sem dúvida boas, etc...etc e claro não podemos esquecer de Moncorvo ser a terra mais bonita de toda a região!!!!!!!SmileSmile
Brincadeiras á parte e analisando o aspecto onde devo concordar que Moncorvo fica um pouco atrás é a nível das grandes superficies comerciais, embora não disponha das infraestruturas dessa natureza que oferecem os concelhos vizinhos ( e muito devido ao comércio tradicional, natural devido a Moncorvo apostar fortemente no Turismo), no entanto Torre de Moncorvo dispõe mesmo assim de comércio capaz de satisfazer as necessidades dos referidos "clientes". Por isso devo admitir que o problema estará mesmo na questão do inflacionar a nível de preços habitacionais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://moncorvo.forumativo.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Barragem do Baixo Sabor inflaciona rendas de casas   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Barragem do Baixo Sabor inflaciona rendas de casas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Venda] Cenário 12 casas para Cloth Myth - Liquidação 85,00 - Áries, Touro, Virgem e Escorpião Pronta Entrega
» Ferrari Enzo - "FIORANO"
» Olá a todas!
» MINICRAFT 1/144 BOEING 727-200 VASP
» Grumman Widgeon-Finalizado !

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Torre de Moncorvo :: Vila e Concelho de Torre de Moncorvo :: Noticias-
Ir para: