Torre de Moncorvo

Forum dedicado à Vila e Concelho de Torre de Moncorvo
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Empresário avança com acção contra a ASAE

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Marco
Admin
Admin
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 93
Idade : 34
Localização : Braga
Profissão : Professor
Data de inscrição : 16/04/2008

MensagemAssunto: Empresário avança com acção contra a ASAE   Ter Dez 30 2008, 00:56

Um empresário de Torre de Moncorvo, Vinhais, interpôs uma acção em Tribunal na qual pede a inconstitucionalidade da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica. Trata-se de um processo inédito no país.

Este é o primeiro caso em que um particular decide solicitar a nulidade de todos os actos praticados por aquele organismo. A acção deu entrada no Tribunal de Vinhais, esta semana, e está relacionada com um processo, que remonta a Janeiro de 2007, que envolve o proprietário de um supermercado, que foi detido e constituído arguido pela autoria material de um crime contra a genuidade, qualidade ou composição de géneros alimentícios e aditivos alimentares. Quer a detenção quer a notificação da constituição como arguido foi efectuada pelos agentes da ASAE.

Trata-se de um processo-crime no qual o empresário foi condenado, mas que ainda não transitou em julgado, porque este interpôs recurso da sentença para o Tribunal da Relação do Porto, que concluiu ter havido negligência na sentença, decidindo mandar repetir o julgamento.

A defesa, liderada pelo advogado José Jorge, decidiu avançar com uma acção pedindo a inconstitucionalidade da ASAE, "por ter procedido à detenção e constituição do empresário como arguido, interferindo desta forma com os direitos, liberdades e garantias, matéria salvaguardada pela Constituição da República".

O arguido alega também que "as competências atribuídas de autoridade e órgão de polícia criminal à ASAE foram de pura iniciativa governamental, não mencionando a autorização legislativa parlamentar, quando a atribuição do seu estatuto e poderes é uma reserva da competência da Assembleia da República, que não foi respeitada".

Isto é, segundo o arguido, «a ASAE é um órgão de polícia criminal definido por decreto-lei governamental e não por via parlamentar, mas a atribuição do estatuto de polícia é da competência da AR", concluindo assim "pela incompetência daquele organismo e a nulidade de todos os actos praticados no uso das suas competências, invocando a inconstitucionalidade da ASAE»

Glória Lopes in JN, 2008-11-18
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://moncorvo.forumativo.com
 
Empresário avança com acção contra a ASAE
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Rota 16: A partida do navio com os exploradores - parte 2
» Tecnopatia
» Hidrocinese
» Aerocinese.
» O avanço para uma nova vida: Stylist

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Torre de Moncorvo :: Vila e Concelho de Torre de Moncorvo :: Noticias-
Ir para: